"; PlayWin.document.write(winContent); PlayWin.document.close(); // "Finalizes" new window // UniqueID = UniqueID + 1 // newWinOffset = newWinOffset + 20 // subsequent pop-ups will be this many pixels lower }

Quarta-feira, Junho 06, 2007

Educação/Computadores ou uma Operação de Cosmética do Governo

Um dos processos utilizados por este governo é fazer flores à custa dos outros.
Ao afirmar que vai "dar" computadores aos professores e alunos a maioria das pessoas fica a pensar que " sim senhor, estão a ver?, e aqueles parasitas dos profs. ainda se queixam, agora vão ter 1 computador à nossa custa...etc...".

Acontece que se este dito Governo o vai poder fazer será porque "aldrabou" o corpo docente de todas as escolas, roubando-lhes vencimentos durante estes quase 2 últimos anos e estando a pensar no que vai "retirar" mais, não deixando progredir a maioria dos docentes deste país.

De mim levou-me já o equivalente a 4 computadores, novinhos em folha! Possivelmente deveria sentir-me contente porque esses computadores irão para 4 alunos. Sucede que esses 4 alunos não só já possuem computadores como telemóveis topo de gama, sapatos de marca, etc, isto no público...

- Não fico feliz, José Sócrates. Não vai ser este acto seu que vai melhorar o ensino e diminuir o insucesso! E o senhor sabe muito bem tudo isso!

Portanto, este cidadão que se julga iluminado - gostaria de saber por quem - pensa que está a fazer um figurão e que, assim, talvez votem nele outra vez. Isto se vierem eleições e eles não chegarem à conclusão que este acto cívico deixou de se enquadrar na realidade portuguesa, e porque não?, na realidade europeia!

- José Sócrates, os seus jogos de cintura, correspondentes aos seus raciocínios falaciosos, são observados e tiradas conclusões sobre os seus actos públicos!
- Pode acontecer que muitos ainda não tenham percebido que a sua ambição é desmedida, que a sua arrogância lhe tem permitido ofender colegas políticos - como eu vi na sua última sessão da Assembleia da República em que, de dedo espetado repetiu para os "Verdes": eu sei bem que partido é o seu, eu sei bem que partido é o seu! - nas 2 vezes que lhe foi dada a palavra.
- Pois, senhor primeiro ministro, eu também sei bem que partido é o seu e mais, sei muito bem do que o senhor é capaz!

Dia virá em que muitas mais pessoas perceberão os seus jogos e o seu tempo terá terminado. Aliás, todos nós temos o nosso tempo, só que uns deixam para trás coisas bem feitas, úteis, outros deixam amarguras, sentimentos de ódio, frustrações, prejuízos, muitos prejuízos!

Etiquetas: , ,


hits: