"; PlayWin.document.write(winContent); PlayWin.document.close(); // "Finalizes" new window // UniqueID = UniqueID + 1 // newWinOffset = newWinOffset + 20 // subsequent pop-ups will be this many pixels lower }

Terça-feira, Junho 09, 2009

As eleições para o Parlamento Europeu

Divagações avulsas:
  1. Há uma abstenção generalizada nas eleições europeias. A grande excepção é a Bélgica, onde o voto é obrigatório. É o tempo ideal para promover todas as conspirações de gabinete. A começar pelo Tratado de Lisboa, a respeito do qual o seu defensor e Primeiro Ministro da Irlanda declarou que "só um doido estaria disposto a estudá-lo e compreendê-lo"; a continuar no processo esquivo de re-nomeação/eleição colegial do Presidente Durão Barroso, que parece não agradar a Sarkozi.
  2. Família política é uma expressão quase tão destituída de sentido como democracia. Que relação esquerda-direita pode ser definida entre a gestão da crise, prudente e alheia aos ditames da Comissão Europeia, feita pelo governo de Ângela Merkel e o seguidismo irracional da cartilha capitalista feita pelo governo de José Sócrates? Ou, simplesmente, entre um verdadeiro governo social-democrata e um fanático pró-capitalista puro e duro como José Sócrates. Deixem-me rir. Comparada a Ângela Merkel, José Sócrates fica mais perto do populismo demagógico de Mussolini que de Guerard Schroeder.
  3. As condições para governar à direita com discursos de esquerda já tiveram melhores dias por esta Europa. A crise força as palavras a ajustarem-se aos actos. Tarefa tão difícil para um troca tintas como José Sócrates, como para os sofisticados socialistas franceses.
  4. Sentindo-se encurralada, a direcção do Partido Socialista em Portugal trata de radicalizar cada vez mais o discurso, abstendo-se de toda a racionalidade e recorrendo cada vez mais ao simples insulto.

Etiquetas: , ,

Domingo, Setembro 07, 2008

Eleições em Angola

Eleições em Angola, 6 de Setembro de 2008
A missão da Comissão Coordenadora para o Desenvolvimento da África Austral (SADCC) felicita o povo de Angola pelo acto eleitoral pacífico, livre, transparente e credível, que reflecte a sua vontade.
John Kunene, observador da missão da SADCC


Fonte: BBC, 7 de Setembro de 2007


Carlos Lamartine

Carlos Lamartine:



Angolano caminha em frente

Som:José Rola
Imagem:Mwangolé

Etiquetas: , ,

Terça-feira, Julho 15, 2008

masson - Diário das sessões

massonMudam-se os tempos, mudam-se as vontades?
masson foi buscar, não o Diário da Sessão da semana passada com o debate sobre O estado da Nação, mas o de 2 de Outubro de 2003. Vale a pena ler.

Etiquetas: , , ,

Quinta-feira, Outubro 18, 2007

Cristophe Beaudouin - Federalismo por baixo da mesa

Federalismo
(clicar na imagem para carregar o artigo)


Fonte: Cristophe Beaudouin,
Des parlements nationaux sans pouvoir, un parlement européen sans peuple
publicado por AgoraVox a 18 de Outubro de 2007

Etiquetas: , ,

José Dez Milhões

Em coro afinado em uníssono - como convém a uma informação aberta e plural, - sopraram ontem as trombetas de todos os noticiários televisivos: Portugal vai receber 21 mil milhões de euros no próximo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN). Surpreendido com a algazarra, abeirei-me da janela para descobrir o que se passava. Atrás das motas da polícia vinha um carro descapotável onde uma figura atirava agitadamente notas para o ar enquanto berrava:
10 milhões por dia...
10 milhões por dia...
10 milhões por dia...
10 milhões por dia...
Se isto já foi negociado há meses e aprovado pela Comissão Europeia a 26 de Setembro, onde está a notícia? - cismei. Mas desisti e fui dormir.(AF)




José Sócrates
Desta vez vai haver referendo. Já no passado se prometeu um referendo e não se fez. Agora já não podemos correr o risco de um novo "chumbo" da pergunta,
referiu José Sócrates, numa acção de pré-campanha eleitoral na Rua de Santa Catarina, no Porto.

Fonte: Revista da Imprensa Europeia em 20 de Dezembro de 2004

Abandonou-se a perspectiva de adoptar um Tratado Constitucional e retoma-se a tradição das emendas aos Tratados já existentes. O novo Tratado será mais um Tratado internacional, sem natureza constitucional e sem pretender substituir em bloco os Tratados já em vigor,
sustentou então (a 27 de Junho, o primeiro-ministro José Sócrates).

Fonte: Lusa, a 11 de Outubro de 2007

Etiquetas: , , , , ,

Quarta-feira, Julho 11, 2007

MINISTRA DA EDUCAÇÃO VAI AO PARLAMENTO - HOJE

É espectáculo A NÃO PERDER! Penso que seja na RTP 2, pelas 14,00 h. Será?
Na programação da RTP diz: sociedade civil - directo.
Se não for , corrijam!

Etiquetas: ,


hits: