"; PlayWin.document.write(winContent); PlayWin.document.close(); // "Finalizes" new window // UniqueID = UniqueID + 1 // newWinOffset = newWinOffset + 20 // subsequent pop-ups will be this many pixels lower }

Sexta-feira, Setembro 11, 2009

Procura-se

Procura-se o quê?
Procura-se o destinatário para esta queixa.

A Sociedade Feminina Brasileira se queixa do tratamento machista existente
na gramática portuguesa, e com razão...
Vejam os exemplos :

Cão..............melhor amigo do homem.
Cadela..................puta.

Vagabundo............homem que não faz nada.
Vagabunda.............puta.

Touro....................homem forte.
Vaca....................puta.

Pistoleiro...............homem que mata pessoas.
Pistoleira.................puta.

Aventureiro..........homem que se arrisca, viajante, desbravador.
Aventureira.............puta.

Garoto de rua..........menino pobre, que vive na rua, um coitado.
Garota de rua...........puta.

Homem da vida........pessoa letrada pela sabedoria adquirida ao longo da vida.
Mulher da vida.......puta.

O Galinha...............o 'bonzão', que traça todas.
A Galinha...............puta.

Tiozinho.................irmão mais novo do pai.
Tiazinha..................puta.

Feiticeiro...........conhecedor de alquimias.
Feiticeira..............puta.

Roberto Jefferson, Zé Dirceu, Maluf, ACM, Jader Barbalho, Eurico Miranda, Renan Calheiros, Lula, Delúbio.........políticos.
A mãe deles...............putas.

E pra finalizar...
Puto......................nervoso, irritado, bravo.
Puta....................puta.

Depois de ler este e.mail:
Homem................vai sorrir.
Mulher...............vai ficar puta.

Etiquetas: ,

Terça-feira, Outubro 23, 2007

José Sócrates, o personagem dúplice

Aqueles que levantam a questão do referendo fazem-no pondo em causa a democracia representativa. Eu sou democrata, e por isso, acho que os parlamentos nacionais têm competência.



José Sócrates como presidente em exercício da União Europeia, respondendo hoje a dúvidas no Parlamento Europeu.

Mas a dúvida persiste: enquanto Primeiro-Ministro de Portugal, jurou cumprir e fazer cumprir a Constituição, que inclui elementos de soberania alienados pelos cozinhados de gabinete do seu subordinado Luis Amado; enquanto eleito numa democracia representativa, ficou moralmente obrigado a realizar os compromissos eleitorais, que incluiram o referendo.

Enquanto democrata convicto de que se proclama, deveria saber que nada é absoluto, nem sequer a representatividade eleitoral. A maior catástrofe que o povo alemão permitiu no século passado foi provocada por um senhor eleito democraticamente, tanto como ele.

Etiquetas: , , ,


hits: