"; PlayWin.document.write(winContent); PlayWin.document.close(); // "Finalizes" new window // UniqueID = UniqueID + 1 // newWinOffset = newWinOffset + 20 // subsequent pop-ups will be this many pixels lower }

Segunda-feira, Agosto 13, 2007

Eugénio Rosa - As dívidas à Segurança Social

Eugenio RosaCaro (a) amigo (a)

O ministro do Trabalho Vieira da Silva tem afirmado que o combate do governo à evasão e à fraude contributiva à Segurança Social tem sido um êxito, que o governo tem conseguido cobrar elevado montante de dividas, e que a situação neste campo está a mudar.

Neste estudo, utilizando dados publicados pelo próprio Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, mostro que isso não é verdade, que em 2006 as remunerações não declaradas à Segurança Social atingiram 6.943 milhões de euros e que a receita perdida, devido a esse facto, alcançou
2.184,7 milhões de euros. Comparando a divida cobrada em 2006 com o aumento da divida declarada e não declarada em 2006, conclui-se que o cobrado representou apenas 8,7% do aumento da divida registado em 2006. O fracasso do combate do governo neste campo torna-se assim claro.

Espero que este estudo possa lhe possa ser útil.

Com consideração
Eugénio Rosa
Economista

Estudo: AS DIVIDAS DAS EMPRESAS À SEGURANÇA SOCIAL DISPARAM COM O GOVERNO DE SÓCRATES
publicado por Eugénio Rosa em 5 de Julho de 2007

Etiquetas: , ,


hits: