Brasil oferece Bolsas de estudo a Angolanos

Brasil oferece mais 144 bolsas a estudantes Angolanos.
Um grupo de 144 estudantes angolanos vai iniciar, em 2009, as suas graduações no Brasil com o apoio do Governo brasileiro, o que representa um aumento de 60 por cento em relação ao número de vagas oferecidas em 2008.Um documento, chegado hoje à redacção do Jornal de Angola, indica que os cursos foram oferecidos por várias universidades brasileiras de prestígio internacional. Os cursos mais escolhidos pelos futuros bolseiros angolanos no Brasil foram Engenharia (52), Gestão (16), Ciências da Computação (11), Arquitectura e Urbanismo (6), Direito (10), Medicina (5), Geologia (6), Relações Internacionais (8) e Economia (10).A deslocação de angolanos ao Brasil, por motivos académicos, é resultado de uma parceria entre o Ministério da Educação e das Relações Exteriores do Brasil. O projecto existe desde 1985 e já foram oferecidas cerca de 1000 vagas. Dos 144 candidatos, 123 contarão com o apoio do Instituto Nacional de Bolsas de Estudos de Angola (INABE). Os restantes contam com recursos próprios para a sua deslocação ao Brasil.

7 Comentários

  1. osvaldo says:

    Eu Osvaldo Augusto Zito, Surdo de Nacionalidade Angolana, desejo informar-vos que preciso de uma bolsa de estudo para o ensino superior, aí no Brasil. Por que, em Angola não têm Faculdade (Universidade)para Surdos.Eu já havia contactado o Instituto Nacional de Bolsas de Estudo (INABE)no ano de 2006 até hoje não me deram resposta, a 4 anos sem estudar desde que terminei de estudar no ano de 2005. Graça as situação dos Surdos em Angola.Espero deferimentoMelhores CumprimentosLuanda aos 28 de Setembro de 2009AbraçoOsvaldo Zito

  2. Toivo says:

    Colectivo de alunos, proveniente do INP( Instituto Nacional de Petroleos)e pertencentes aos cursos de perfuracao e producao e manutencao industrial(mecanica), localizado na provincia do Kwanza-sul, Sumbe aos 13 km.Vendo que se aproxima o final de seus cursos ja no proximo mes. vem por depermeio deste solicitar os vossos bons oficios no sentido de conceder, ou emitir bolsas de estudos pra o exterior do pais.Com a mais alta estima, enviamos os nosssos melhores cumprimentos. Pelo que aguardasmos deferimento. Toivo da silva Filipe. Sumbe, aos 11 de novembro de 2009

  3. tania says:

    eu tania pereira ,nacionalidade angolana venho por este meio pidir uma bolsa de estudo ja a 4anos que nao consigo entrar unma universidade por causa de meios financeiros,tenho um sonho de poder fazer o curso de medicina mas se nao for possivel tenho um outro curso de opcao que e gestao.

  4. anónio wilson says:

    sou o António Wilson Adão Fortuna, de Nacionalidade Angolana, desejo informar-vos que preciso de uma bolsa de estudo para o ensino superior ai no brail, porque em angola estou a ter muita dificuldade pra estudar, tenho problema finaceiro por meu estudo. Eu ja havia enviado documento no INABE (Instituto Nacional de Bolsa de Estudo) ate hoje não recebe a resposta. A 4 anos que eu estou a tentar mas não consigo.luanda, aos 10 de Maio de 2010.Espero o deferimento.Sem mas assunto de momento. o solicitante: António Wilson Adão Fortuna

  5. vasco chacale says:

    Eu, Vasco Chacale de 18 anos de Idade, Finalista do ensino medio de Economia (Contabilidade e Gestão)necessito de uma bolsa de estudo para o Brasil a fim de dar continuidade dos meus estudos com objectivo de ajudar o nosso pais a desenvolver a nivel economico e social. preciso mesmo desta bolsa ajudem-me.

    espero deferimento
    kuito, aos 27 de Maio de 2010

  6. Manuel Nzamba says:

    Sou o Manuel Joaquim Domingos Nzamba, de Nacionalidade Angolana, desejo informar-vos que preciso de uma bolsa de estudo para o ensino superior no brail, porque pela falta de condicoes finaceira nao consigo fazer o curso superior em universidades privadas onde contem o meu curso(electronica e telecomunicacoes). Necessito mesmo desta oportunidade que estao a darnos.

    luanda, aos 30 de Maio de 2010.

    Espero o deferimento.

    Sem mas assunto de momento.

    o solicitante: Manuel Nzamba

  7. Chamo-me lucas sou estudante universitário bacharel em contabilidade e gestão no instituto superior politecnico do kunza sul em particular no sumbe, gostaria imenso ganhar uma bolsa de estudo para continuar com a minha formação pós infelismente em angola a minha formação somente vai até o terçeiro ano nas escolas publicas, o meu sonho é forma-rme no brasil pós está muito avançado em ciençias contabeis, sem mais outro assunto gradeço e que deus vos abençoe.
    Sumbe, aos 01de junho de 2010.

    Esperamdo deferimento.