Terça-feira, Janeiro 09, 2007

Smedley Butler - A Guerra é uma trapaça

A melhor definição que encontro para trapaça é algo que não corresponde àquilo que parece ser à maior parte das pessoas. Apenas um grupo restrito sabe do que se trata. É conduzida para benefício de muito poucos à custa das massas.

A GUERRA é uma trapaça. Sempre foi.

Deve ser a mais antiga, é facilmente a mais rentável, é certamente a mais viciosa. É a única que tem um âmbito internacional. É a única em que os ganhos são medidos em dólares e os prejuizos em vidas...

As taxas de juro normais em negócios nos Estados Unidos da América é de seis, oito, dez, e às vezes doze porcento. Mas os juros da Guerra - Ah! Isto é outra loiça - vinte, sessenta, cem, trezentos e mesmo oitocentos porcento: o céu é o limite. Toda a dinheirama aparecerá. O Tio Sam tem-na: vai buscá-la.

Claro que as coisas não são apresentadas desta forma cruel em tempos de Guerra. Vão revestidas em discursos sobre patriotismo, amor à patria.

Excertos traduzidos de:
War is a Racket
publicado em 1933

Etiquetas: ,

2 Comentários:

At 13:23, Blogger José Ferrão disse...

"A GUERRA é uma fraude. Sempre foi."

Devia haver uma palavra diferente para significar a guerra. Realmente, as primeiras guerras que se travaram não eram uma fraude, no sentido em que os chefes militares e políticos eram os primeiros a entrar no campo de batalha.
Hoje em dia já não é nada disso, um chefe militar pode nem sequer saber onde é que fica o campo de batalha, desde que assegure que ele fica longe das suas fronteiras.
Os únicos que sabem onde é que fica o campo de batalha são aqueles que não se conseguiram governar com os negócios dos 6 ou 12%, e também não estiveram para estudar na altura própria.

 
At 21:05, Blogger António Chaves Ferrão disse...

José
Se leres o original, encontrarás a solução para a Guerra. Falta convencermos os deputados a votar em conformidade.

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: