Quinta-feira, Janeiro 18, 2007

Miguel Torga - 17 de Janeiro de 1995

Bucólica

A vida é feita de nadas:
De grandes serras paradas
À espera de movimento;
De searas onduladas
Pelo vento;

De casas de moradia
Caiadas e com sinais
De ninhos que outrora havia
Nos beirais;

De poeira;
De sombra duma figueira;
De ver esta maravilha:
Meu Pai a erguer uma videira
Como uma Mãe que faz a trança à filha.


MIGUEL TORGA

Etiquetas: ,

5 Comentários:

At 22:52, Blogger Jorge Ferrão disse...

E?

 
At 22:59, Blogger Magda Nieto Reprezas disse...

E... as coisas simples fazem a nossa vida, confortam-nos, fazem-nos sentir o tempo meio parado ou o seu escoar. Fazem-nos pensar e apreciá-las ajuda-nos a crescer!

 
At 23:11, Blogger Jorge Ferrão disse...

Se crescermos demais, não passamos nas portas!

 
At 10:42, Blogger Magda Nieto Reprezas disse...

Podemos alargá-las. Nós podemos tudo, menos não abrir a porta à morte...

 
At 15:30, Blogger Jorge Ferrão disse...

Inclusivamente, não abrir a porta à vida!

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: