Sexta-feira, Novembro 10, 2006

Vigília no Ministério da Educação
15 de Novembro

Não me apetece, mas vou!
Vai custar-me entrar às 8 da matina no dia seguinte, mas vou!
Cansam-me as pernas, mas vou!
Não gosto de multidões, mas vou!
Parece-me que fica ridículo(?), mas vou!
E vão mais muitos mais colegas, homens e mulheres, alguns já com artroses, outros constipados, outros ...não se porquê, porque é demais, demais o que se está a passar.
Estamos fartos de arrogâncias, provocações, altivez, métodos a pender para o fascista.
A gota de água que fez transbordar os copos de paciência de muitos foi a que apareceu bem preta, porca, quando se soube que o M.E. pediu aos C.Executivos listas discriminadas dos grevistas.
Eu estava cá antes e no 25 de Abril.
Lembro-me dos gorilas nas escolas. Quem não se lembra se for da minha geração?
Será que os vamos ver aparecer novamente, disfarçados, agora de fato comprado no Corte Inglês?
Não vou sozinha , vou com muitos mais, colegas da minha idade que não têm medo, colegas mais novos que receiam o que o futuro lhes reserva.
A Maria de Lurdes não é assim tão impermeável a presenças humanas! Também vacila, sente-se insegura, precisa de apoio, que não tem, para se sentir bem. Por isso é melhor irmos lá, não para lhe dar apoio mas para a fazermos sentir-se mal, agoniada, em depressão, a ver tudo à roda, a questionar-se sobre o que a rodeia como tantos outros colegas que estão assim neste momento e para cujo estado ela também contribuiu.
Estão esquecidos disso?
Querem tapar o Sol com a peneira?
Portugal atravessa um período mau, muito mau, e há quem tenha responsabilidades nisso. Todos nós, é verdade, mas mais uns do que outros!
Quem andou a delapidar o erário público não foram os seus funcionários. Alguém tem dúvidas?
Não vamos deixar que este país ameno, claro, alegre, volte a viver situações inimagináveis já.
Cada um de nós pode fazer um pouquinho, a parte que puder e estiver ao seu alcance.
Um abraço e obrigada por ouvirem este meu desabafo!

5 Comentários:

At 09:54, Blogger PJ disse...

"A gota de água que fez transbordar os copos de paciência de muitos foi a que apareceu bem preta, porca, quando se soube que o M.E. pediu aos C.Executivos listas descriminadas dos grevistas."

Tem provas do que está a dizer? É que se tiver sugiro que as divulgue nos jornais e apresente uma queixa às autoridades competentes. Esta é uma prática ilegal e imoral. Em tempos um director geral do ensino superior fez um pedido desta natureza e acabou a pedir a demissão. Na sua escola aconteceu isto? Tem conhecimento de que sucedeu noutras escolas? Ou é o diz que diz?

 
At 22:17, Blogger PJ disse...

Pelos vistos não tem provas porque quatro dias depois ainda não respondeu à minha questão.
P.S. Já agora sugiro que consulte o dicionário para perceber bem a diferença entre descriminar e discriminar. Embora seja um erro frequente, não deixa de ser lamentável vê-lo escrito por quem ensina crianças e jovens.

 
At 18:36, Blogger Magda Nieto Reprezas disse...

Sr.PJ
Admiro a sua firmeza e não desiste facilmente, é verdade.
Mas se lhe respondo só agora é porque fui exactamente informar-me e a vida não é só "blogar", tenho muito que fazer!
De facto não pediram os nomes dos grevistas. Pediram foi o nº dos grevistas contratados e o nº dos grevistas do pessoal do quadro da área de pessoal não docente.
Esta pequena alteração, não habitual, terá trazido confusão e dado origem ao "diz que diz".
Confesso-me "tipo sanguínea" e fui na onda.
É preciso ter cuidado com o que se diz, é verdade. Mas como andamos todos com os nervosssss à flor da pele... passou...
Respondo-lhe apenas porque errei e sei reconhecer um erro , mas que você é um pouco deselegante, é. Isto para não dizer BASTANTE.
O que estava em causa era a minha demagogia, se quiser, e não os erros de ortografia.
Por acaso, até sei a diferença entre descriminar e discriminar e se escrevi mal foi porque o fiz à pressa . Há por lá outro erro e nem deu por ele.
Portanto, está apenas a provocar-me e eu não gosto. Está a pretender insinuar que não tenho as competências necessárias para o ensino, não sabe de quê... mas tb. para que lhe interessa?
O seu único objectivo foi tentar desacreditar-me,picar-me, seguindo as actuais tendências dos "media", religiosamente, pois há que deitar abaixo aqueles que ainda têm as suas faculdades mentais a funcionar.
Só por isso, não merece o meu respeito!

 
At 23:38, Blogger PJ disse...

Cara Magda:

Eu também sou um tipo sanguíneo e tenho que reconhecer que não fui elegante. Peço-lhe desculpa pela minha observação.
Talvez ainda esteja sobre a influência do choque que recentemente sofri quando recebi um recado de uma professora, através da caderneta do aluno que dá aulas ao meu filho mais novo que frequenta o 1º ano de escolaridade numa escola pública. O recado em causa tinha dois erros ortográficos!!
Mas é evidente que esta professora não representa toda uma classe, mas tão somente ela própria. E não é justo, como diz o nosso povo, fazer pagar os justos pelos pecadores. A grande questão no nosso sistema de ensino é como premiar os bons professores, punir os maus e afastar os incompetentes.
E isto desde o ensino pré-escolar até ao ensino superior.
Espero que possamos continuar a conversar sobre assuntos de educação com mais ponderação. Pela minha parte farei o possível.

 
At 23:38, Blogger PJ disse...

Cara Magda:

Eu também sou um tipo sanguíneo e tenho que reconhecer que não fui elegante. Peço-lhe desculpa pela minha observação.
Talvez ainda esteja sobre a influência do choque que recentemente sofri quando recebi um recado de uma professora, através da caderneta do aluno que dá aulas ao meu filho mais novo que frequenta o 1º ano de escolaridade numa escola pública. O recado em causa tinha dois erros ortográficos!!
Mas é evidente que esta professora não representa toda uma classe, mas tão somente ela própria. E não é justo, como diz o nosso povo, fazer pagar os justos pelos pecadores. A grande questão no nosso sistema de ensino é como premiar os bons professores, punir os maus e afastar os incompetentes.
E isto desde o ensino pré-escolar até ao ensino superior.
Espero que possamos continuar a conversar sobre assuntos de educação com mais ponderação. Pela minha parte farei o possível.

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: