Sexta-feira, Abril 22, 2005

O fogo e a impureza

Parte da água já se encontra a uma temperatura superior à temperatura de ebulição. A formação das bolhas de vapor já devería ter começado, mas tal não acontece a menos que apareçam núcleos que tornem isso possível. Se, nesta situação, alguém introduzir na água uma impureza, a primeira bolha forma-se, a pressão no seu interior será demasiado grande e a bolha expandir-se-á rapidamente, provocando a expulsão de toda a água líquida do recipiente.

Este fenómeno é conhecido pelos cozinheiros - que tomam as devidas cautelas para o evitar. Mas também faz parte da matéria de Física do Ensino obrigatório. Qualquer cidadão com a escolaridade mínima tem o dever de o conhecer.

Mas vamos ao que interessa, apropriado à data que se aproxima.
Portugal 1928-1974: Estado Novo. Liberdade de formação de partidos: suspensa. Eleições democráticas: suspensas. Liberdade de Imprensa: suspensa. Criados corpos de polícia à margem da Lei; tribunais especiais às ordens do Governo. Oposição empurrada para fora do país ou para a clandestinidade. Os indicadores sociais colocam Portugal na cauda da Europa, a começar pelo mais confrangedor, o nível de alfabetização. Passam-se os anos de Guerra, não há solução política à vista.

O Partido Comunista Português prossegue incansável a sua luta pelas eleições livres e democráticas; pela dissolução da Assembeia Nacional e eleição de uma Assembelia Constituinte; pela plena liberdade de expressão; pela reforma do ensino; pela reforma agrária; pelo fim da guerra colonial; pelo serviço de saúde para todos. Está tudo escrito no programa, e foi difundido em sucessivas campanhas, muitas vezes à custa da prisão dos seus promotores.

Ao longo de todos estes anos a iniciativa política foi gradualmente retirada ao Governo. Os principais órgãos de soberania caíram num descrédito profundo, incluindo o Governo e a Assembeia Nacional, para já não falar no Presidente da República. Enquanto os portugueses vão sonhando com uma vida mais livre, o Governo, pela sua própria inépcia, vai-se tornando cada vez mais merecedor da chacota geral.

No início de 1974 a agitação social atinge o rubro; os movimentos grevistas sucedem-se uns aos outros; antigos apoiantes do Governo passam-se de armas e bagagens para o lado da Oposição. Isto acontece repetidas vezes. O Governo tenta reagir, mas está paralisado de medo. E permanece nesta situação demasiado tempo.

Neste ambiente sobre-aquecido só faltava o grão de impureza. Veio na forma de uma medida de abertura de carreira militar para milicianos. Depois, foi tudo muito rápido. Que ainda haja quem continue preso à idéia que a impureza é responsável pelo "bumping" - é bastante extraordinário.

1 Comentários:

At 11:31, Blogger espumante disse...

Depois da nossa "ligeiríssima" conversa de ontem, acho que não resistirias sem esta pequena "provocação" :))))
Para que não hajam mal entendidos, remeto-te para o meu pequeno post de hoje "Valeu a Pena".
Um abraço

 

Enviar um comentário

<< Home


hits: